O CHI KUNG E A MULHER

No Nei Jing, que data de 2000 anos A.C., o imperador Huang Di recebe o ensinamento do seu médico, Qibo:

- Aos 7 anos uma menina possui uma abundante energia dos Rins, dá-se a mudança da dentição e os seus cabelos crescem fortes e longos. Aos 14 anos, a Água Celeste é produzida, o Chong Mai está completo, o sangue menstrual escorre mensalmente e a mulher torna-se fecunda. Aos 49 anos o Vaso da Concepção (Ren Mai) vaza, o Chon Mai enfraquece, a Água Celeste esgota-se e a via terrestre obstruí; é por isso que o corpo envelhece e se torna estéril.

Tendo em conta esta descrição, e entendendo todas as nuances e fases da vida da mulher, a prática do Chi Kung, e em particular do Yuan Chi Kung, pode ser bastante benéfica. Todas as alterações metabólicas e hormonais a que a mulher está sujeita mensalmente, podem ser equilibradas com esta prática simples, minimizando assim, sintomas físicos e emocionais.

Pontos específicos que são trabalhados na rotina básica de Yuan Chi Kung, com referência directa à mulher:

> Ren Mai - Vaso da Concepção
> Ren Mai 17 - Ponto número 17 do Vaso da Concepção
> Chong Mai - Vaso Penetrador
> Dai Mai - Vaso da Cintura
> Todos os Meridianos Yin
> Ming Men - A Porta da Vida